Quem Somos

Caçamos torcazes com negaças e pombos de vara há mais de trinta anos (duas gerações). No início e durante bastante tempo, utilizámos a técnica tradicional, com pombos encarapuçados de atirar ao ar e pombos sem carapuça a trabalhar em varas com mola, instaladas na aba das árvores.

ADSC_0468A

Em anos mais recentes, após contacto com novas técnicas praticadas noutros países, sobretudo em Itália, decidimos apurar as nossas raças de pombos e iniciar a prática de negaçar recorrendo a varas verticais, colocadas no topo da copa das árvores, muito mais visíveis, capazes de trabalhar com qualquer direcção de vento, e, sobretudo, muito mais apelativas para o pombo torcaz, o que se veio a traduzir num aumento substancial dos abates.

Apesar da adopção das novas técnicas, constatámos que, mais importante que o tipo de vara, foi a utilização de pombos, particularmente dóceis, muito semelhantes aos torcazes, com riscas brancas sobre as asas, visíveis a grandes distâncias. Estes pombos permitem muito bons resultados, mesmo em Dezembro, mês dos grandes bandos, onde a dificuldade de chamar os pombos à armação é maior. Por esta razão, optámos por importar vários casais deste tipo de pombos, oriundos de França e de Itália.

Criamos, treinamos e comercializamos pombos para qualquer tipo de vara, de diferentes raças, mas com predomínio da raça francesa “Azul de Gascogne” e da raça “Italiano de Asa Lisa”. Estas raças de pombos são as únicas apuradas com o propósito de servirem de atractivo aos torcazes, tendo por isso características morfológicas e psicológicas que, para além de facilitarem o treino e o acto de caça, os tornam particularmente semelhantes aos seus primos silvestres, os pombos torcazes.