TORCAZES, ONDE ESTÃO?

Esta página destina-se a, durante a época de caça, informar onde se encontram os pombos torcazes. Todas as informações sobre este assunto que queiram ver divulgadas neste nosso site são bem-vindas.

Pela primeira vez, antes do final da época de caça, dada a ausência de notícias referentes aos pombos torcazes, tanto no que se refere a Portugal como a Espanha, somos obrigados a interromper esta nossa rúbrica. 

SEGUNDA-FEIRA, 06 JAN

Ano muito mau. Pombos muito poucos e dispersos. Relato de uma concentração na zona de Segura, junto da fronteira. A maioria terá já passado para Espanha. Alguns bandos na Serra de São Pedro, na Extremadura espanhola.

SEGUNDA-FEIRA, 30 DEZ

Pombos continuam muito dispersos. Um núcleo muito relevante encontra-se na zona do Crato a sair na direcção de Portalegre e Alter do Chão. A zona de Aljustrel já tem poucos pombos, com a maioria a sair no sábado na direcção nascente, sem terem voltado à tarde. Alguns pombos na zona da serra de Ossa.

SEGUNDA-FEIRA, 16 DEZ

Pombos muito dispersos, com forte predominância a sul de Aljustrel. Santana do Mato já não tem pombos.

SEXTA-FEIRA, 13 DEZ

Subida de pombos na quinta-feira, seguia hoje de nova descida para sul. Situação sem grandes alterações. Maior núcleo a sul de Aljustrel.

SEGUNDA-FEIRA, 09 DEZ

A maior concentração permanece a sul, abaixo de Aljustrel. Hoje subiram alguns bandos para norte, na direcção de Grândola. Pombos a sueste de Arraiolos. Em Santana do Mato, embora de forma intermitente, permanece uma boa concentração. Saem na direcção de Pavia e Cabeção para comer.

SEXTA-FEIRA, 06 DEZ

Situação sem grandes alterações. Bandos a descer na quarta e na quinta-feira, pombos dispersos por muitas zonas, mas apenas em quantidades residuais. A maior concentração permanece abaixo de Aljustrel, em quantitativos que, de acordo com contagens realizadas por biólogos espanhóis, andarão perto de MEIO MILHÃO de torcazes.

SEGUNDA-FEIRA, 02 DEZ

O maior núcleo encontra-se agora a sul na zona de Aljustrel, Garvão e Ourique. Os pombos na zona de Santana do Mato, Brotas, Pavia e Ciborro estão mais dispersos, a comer no azinho.

Os pombos que há uma semana se encontravam na Serra de São Pedro, na Estremadura Espanhola deslocaram-se já na direcção de Portugal.

SEXTA-FEIRA, 29 NOV

Os pombos que se encontravam na zona de Alcácer / Grândola / Sta. Margarida do Sado são agora residuais. Os dois maiores núcleos encontram-se em Santana do Mato, saindo na direcção do Ciborro / Pavia, e entre Aljustrel e Castro Verde, saindo na direcção de Mombeja e Alfundão.

SEGUNDA-FEIRA, 25 NOV

Na sequência das entradas mais recentes realizadas após o encerramento das contagens nos Pirinéus, temos assistido a uma movimentação dos torcazes de norte para sul, sempre na direcção dos montados de azinho que se estendem pelo Baixo-Alentejo. No domingo verificou-se uma quantidade relevante de pombos na zona de Santana do Mato, na zona entre Alcácer e Grândola, todos com tendência para se deslocarem mais para sul, e ainda perto da serra algarvia, Barragem do Monte da Rocha, Garvão, Panóias…

SEGUNDA-FEIRA, 18 NOV

Como é sabido, dado o número particularmente reduzido de torcazes que tenham atravessado, até hoje, os Pirinéus, encontram-se muito poucos pombos no nosso país. A ausência de bolota de sobro faz com que quase todos eles se encontrem no montado de azinho. Poucas caçadas dignas desse nome, quase todas a sul e apenas no sábado, dia em que o tempo esteve favorável.


Deixe uma resposta