TORCAZES, ONDE ESTÃO?

Esta página destina-se a, durante a época de caça, informar onde se encontram os pombos torcazes. Todas as informações sobre este assunto que queiram ver divulgadas neste nosso site são bem-vindas.

Segunda-feira, 4 Jan Situação sem grandes alterações. A maioria dos pombos está em Espanha, na Extremadura. Por cá continua um núcleo na zona entre Torre de Coelheiros, Oriola e Reguengos.

Segunda-feira, 28 Dez – Aparentemente, em Portugal, no final de Dezembro, os pombos são pouco mais do que residuais.  As maiores concentrações encontram-se em Espanha e não vão voltar. Por cá apenas pombos muito dispersos a permitirem fazer pequenas caçadas “aqui-e-ali”.

Apesar do elevado número de pombos, quando comparado com os últimos anos, apesar da enorme quantidade de comida, estamos novamente perante um ano sofrível. De facto, constatou-se que este ano os pombos subiram para norte muito cedo, mesmo sem esperarem, como era normal, pelos ventos fortes desse quadrante. Este facto tem de nos obrigar a refletir sobre o que não está bem. Bandidos a assaltarem as dormidas? pressão excessiva? Algo tem de ser feito.

Um Bom Ano para todos.

Segunda-feira, 21 Dez – O maior núcleo encontra-se na serra de São Pedro. Entre nós continuam na zona de Portalegre / Crato. Saem na direção de Espanha e voltam tarde. Também existe um núcleo com algum significado na área de Torre de Coelheiros. Continuam também a dormir na zona de Santana do Mato. Pombos na zona de Cabeção e Montargil. Na quinta-feira, boas caçadas na zona de Igrejinha.

Segunda-feira, 14 Dez – Ao fim de alguns anos sem que tal acontecesse, os pombos voltaram em força à serra de S. Pedro na Extremadura espanhola. Já chegaram mesmo à zona do Parque de Monfrague. Por cá tudo muito disperso. Pombos em Grândola e em Portalegre, embora em quantidades bastante mais reduzidas que aquelas que se fizeram sentir há algumas semanas.

Segunda-feira, 07 Dez Nova subida generalizada. Bandos grandes a subir pela zona de Torre de Coelheiros em direção à Serra de Ossa. Continua um núcleo relevante a dormir em santana do Mato. Bastantes pombos também a dormir no Pinheiro Francês. Já chegaram torcazes a Espanha, Serra de São Pedro e Coria.

Sexta-feira, 04 Dez. – Subida generalizada dos torcazes. O núcleo de Santana do Mato aumentou substancialmente. Caçadas na zona do Lavre, Pegões e Vendas Novas. Já chegaram pombos a Foros do Arrão. Ao final do dia de ontem, possivelmente antecipando o mau tempo, vindo de sul e nascente, aumentou o quantitativo nos pinhais da zona de Grândola.

Segunda-feira, 30 Nov. – Subida generalizada dos pombos. O principal núcleo encontra-se agora no Pinheiro Francês e na zona a norte de Grândola. Pombos também em Lavre e Santana do Mato.

Sexta-feira, 27 Nov. – Grande concentração de torcazes na zona de Grândola / Sta. Margarida / Torrão / Ferreira. Bastante menos pombos na zona de Alcácer / Palma.

Segunda-feira, 23 Nov. – No passado fim de semana assistiu-se a uma subida de bastantes pombos que se encontravam a sul e que vieram ocupar agora a zona de Santa Margarida do Sado e Grândola. Bastantes pombos na zona do Torrão. Grande concentração na zona de Palma / Pinheiro.

Sexta-feira, 20 Nov. – Apesar das limitações impostas pela Covid 19, várias boas caçadas na zona de Alcácer /Palma. Talvez por isso, os pombos não voltaram à tarde em vários locais, ficando mais a sul deslocando-se para a zona de Grândola. Outro núcleo muito relevante continua mais a sul da Serra de Grândola, entre Alvalade do Sado e Ourique.

TERÇA-FEIRA, 17 de Novembro. Mais uma passagem de bandos grandes a grande altura, sobretudo pela costa. Estando as contagens encerradas, não é possível quantificar com um mínimo de rigor o número de pombos que atravessou neste dia os Pirinéus, mas estimativas no local apontam para algumas DEZENAS DE MILHAR.

Segunda-feira, 16 Nov. – Maiores concentrações na zona de Palma / Alcácer e na zona a sul da Serra de Grândola. Pombos ainda em deslocação para sul em muitos locais.


Deixe uma resposta